VALZINC

REVESTIMENTOS EM ZINCO E COBRE

ZINCO -     Zn

COBRE -     Cu

29

30

Contacte-nos

939 440 153

 

As ligas metálicas de zinco têm sido utilizadas durante séculos - peças de latão datadas de 1000-1400 a.C. foram encontrados na Palestina , e outros objetos com até 87% de zinco foram achados na antiga região da Transilvânia. A principal aplicação do zinco - cerca de 50% do consumo anual - é na galvanização do aço ou ferro para protegê-los da corrosão, isto é, o zinco é utilizado como metal de sacrifício (tornando-se o ânodo de uma célula, ou seja, somente ele se oxidará). Ele também pode ser usado em protetores solares, em forma de óxido, pois tem a capacidade de barrar a radiação solar, é por isso um metal não ferroso. O zinco ganha uma capa (patina) própria ( carbonato) com o tempo. Essa capa de protecção é responsável pela alta capacidade anti-corrosiva do zinco, essa capa é a causadora da sua tonalidade cinza mate todo este processo de mudança de tonalidade pode demorar 24 meses, a qual fica muito parecida com o Zinco Quartz, pois inicialmente a sua tonalidade é cinza brilhante. A duração do zinco, depende da espessura da chapa utilizada. Algumas pesquisas asseguram a sua durabilidade até 100 anos ou mais, dependendo de alguns factores. Existem ainda outras variantes de Zinco: Zinco pré-envelhecido O cobre nativo, o primeiro metal usado pelo homem, era conhecido por algumas das mais antigas civilizações que se tem notícia e tem sido utilizado pelo menos há 10.000 anos - onde atualmente é o norte do Iraque foi encontrado um colar de cobre de 8700 a.C.; porém o descobrimento acidental do metal pode ter ocorrido vários milênios antes. Em 5000 a.C. já se realizava a fusão e refinação do cobre a partir de óxidos como a malaquita e azurita. Os primeiros indícios de utilização do ouro não foram vislumbrados até 4000 a.C. Descobriram-se moedas, armas, utensílios domésticos sumérios de cobre e bronze de 3000 a.C., assim como egípcios da mesma época, inclusive tubos de cobre. Os egípcios também descobriram que a adição de pequenas quantidades de estanho facilitava a fusão do metal e aperfeiçoaram os métodos de obtenção do bronze; ao observarem a durabilidade do material representaram o cobre com o Ankh, símbolo da vida eterna.
Ainda nos dias de hoje o cobre é um dos metais mais nobres usados na construção, dado oferecer um vasto leque de soluções nos ponto de vista técnico-financeiro. É um metal que não se deteriora com a poluição presente na atmosfera, ao longo dos anos cria uma fina camada, que o proteje por muitos anos, essas camadas alteram gradualmente de cor, atingindo por vezes a cor verde. É um metal bastante maleável e fácil de trabalhar, podendo ser utilizado em variadíssimas aplicações arquitectónicas. Para aldas tonalidades iniciais. utilizado em variadissimas na camada, que o proteje por muitos anos, essas camadas alteram gradualme dém do cobre natural: Cobre pré-envelhecido Produtos químicos para alteração das tonalidades iniciais.
©-2013 valzinc.pt

Produzido por: